Romanos 10: 13-14 descarta o inclusivismo?

No passado, escrevi vários posts sobre por que sou um inclusivista. Os inclusivistas afirmam que é possível que alguns que ainda não foram evangelizados ainda possam ser salvos por meio de Cristo. Para uma explicação mais completa da visão, veja este post.

Os exclusivistas, por outro lado, sustentam que os não evangelizados não serão salvos, uma vez que não conhecem a Cristo. Essa é uma visão que eu respeito (já que não tenho certeza da minha opinião). Recentemente, um colega arminiano chamado Brendan Burnett escreveu um bom post defendendo a visão exclusivista. Embora discordemos, agradeço seu desafio ao meu pensamento e seu tom de graça. Você pode ver o post dele aqui. Eu escrevi um comentário em seu blog, e este post é uma expansão desses pensamentos.

Uma das passagens a que os Exclusivistas se referem é Romanos 10: 14-15. Brendan faz referência a isso em seu post.

Como, pois, invocarão aquele em quem não creram? E como crerão naquele de quem não ouviram falar? E como ouvirão, se não houver quem pregue?

E como pregarão, se não forem enviados? Como está escrito: “Como são belos os pés dos que anunciam boas novas! “

Supostamente, este texto parece excluir o inclusivismo. Paulo parece estar dizendo que alguém não pode acreditar ou invocar Jesus, a menos que tenha ouvido as boas novas pregadas a eles. No entanto, acho que isso é uma leitura excessiva. Esse não é o argumento de Paulo. Para entender o que Paulo está falando, é necessário dar uma olhada mais ampla em Romanos 9, 10 e 11. A preocupação de Paulo nesses capítulos é com os descendentes físicos de Abraão, a nação de Israel. A maioria dos judeus da época de Paulo não acreditava que Jesus fosse o Messias. Paulo estava lidando com esse fato. Israel é a nação escolhida por Deus. Como então pode ser que tantos judeus não creiam? Esse é o pano de fundo de Romanos 10.

Os arminianos geralmente concordam que Romanos 9 é sobre a incredulidade de Israel. Não é sobre a eleição calvinista. O problema com a interpretação calvinista de Romanos 9 é que eles inicialmente reconhecem que é sobre Israel, mas quando se trata dos exemplos particulares de Romanos 9 (Jacó, Esaú, Faraó, etc), eles esquecem que é em referência a Israel, e afirmam que é sobre eleição individual e reprovação em vez disso.

Eu acho que os exclusivistas fazem um salto semelhante nas conclusões com Romanos 10. Romanos 10 não é sobre os não-evangelizados (que não são abordados de forma alguma), é sobre os judeus que realmente foram evangelizados, e que ainda não creem. Israel ainda está em foco.

Especificamente no capítulo 10, Paulo pergunta se a razão pela qual Israel não crê é porque eles não ouviram as boas novas ou não a compreenderam. Mas ele chega à conclusão de que Israel ouviu as boas novas e as entende. Ele escreve: “Mas eu pergunto: Eles [Israel] não ouviram? Claro que sim… ”(Romanos 10:18) A argumentação de Paulo em Romanos 9-11 segue esta linha: ele repetidamente apresenta possíveis razões pelas quais Israel não crê em Jesus, e então ele mostra como cada uma dessas possíveis razões não é um caso real.

Por exemplo, os judeus estão em apuros porque…

Deus falhou? Não, Deus não falhou (Romanos 9: 6).

Deus é injusto? Não, Deus é justo (Romanos 9: 14-15).

Eles não ouviram as boas novas? Não, eles ouviram as boas novas (Romanos 10:18).

Eles não entenderam as boas novas? Não, eles entenderam as boas novas (Romanos 10:19)

Deus os rejeitou? Não, Deus não os rejeitou (Romanos 11: 1)

Eles tropeçaram demais para serem redimidos? Não, eles não tropeçaram por demais (Romanos 11:11).

Romanos 10 não é sobre os não-evangelizados, embora pareça inicialmente com a primeira leitura. Antes, Paulo está perguntando se a razão pela qual os judeus não creram é porque eles não ouviram ou entenderam. Mas ele então chega à conclusão que eles ouviram. Em outras palavras, os judeus foram evangelizados, mas ainda não creram. Então, eu acho que a interpretação exclusivista de Romanos 10: 14-15 é uma má aplicação e uma leitura excessiva.

Fonte: https://wesleyanarminian.wordpress.com/2014/10/06/does-romans-1013-14-rule-out-inclusivism/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s